Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

Famoso

Senti um tremor de 24 quilates
nas ligas de sangue e de perfume
entre a filosofia dos meus passos de verniz
e o diluvio prateado de favores que resume
tua voz num bolero, teu traje rondando Paris
quase caí junto a ìcaro , nas penas, em versos relatos

por ferozes e insistentes bárbaros barbados
de cicatrizes feitas por desventuras do mar báltico
fiqeui famoso por conhecer o perfume encarnado
dos lábios de sangue pontuando carinhos cáusticos
e os dourados tremores que lhe tirei do seus dias cotidianamente dados

Tremo todas as noites cheias, de rosas da nudez que fiz
de meus sinceros, dos choros em feitio de tango brasileiro
e em Goethe nas notas de Schubert, em tristes flores de liz
do caribe nos cabelos, estou famoso por dançar, seu corpo por inteiro
e lembrar-me do naufrágio em cânticos de toda esta maré feliz

Um comentário:

Yousseph disse...

Muito bom esse seu poema
sinto ai uma vontade de mares nossa me identifiquei muito com esses verso por vezes penso que é uma descrição sobre mim mesmo quanto a naufragios cicatrizes e barba espessa
muito bom leandro muito bom mesmo
vc cada dia mais me impressiona com tanto talento e criatividade.Me orgulho se ser seu amigo

Salve leandro!
Luta e Arte