Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

sábado, 16 de fevereiro de 2008

Canção do Naufragio

Estou deslizando em caramelos
sua voz parece uma toalha de seda
sua voz me faz sentir como um feto confortavelmente em seu utero
não quero sua gentileza
não quero sua beleza
voce é linda como uma fotografia aerea do centro historico de Salvador

Estou caindo novamente entre suas pernas
ah...Voce deveria me dar alguns desses seus fios
por que meu suor tem um cheiro que lembra o seu
por que minhas roupas lembram as suas
eu não sei como me importo tanto com voce que nem se importa

estou triste como um passaro
suas veias
seu peito
estou triste como uma canção libanesa

deslizo em açucar
sua voz parece toalha de seda
não quero sua gentileza suave e distante
agora que provei de seus pratos
tornei-me cativo dos sonhos

como me importo tanto com voce que nem se importa
estou triste
triste como um passaro
por que minhas roupas lembram as suas
como aquela camisa verde de nossa primeira vez
algumas marcas nascem conosco
outras vem com o tempo voce disse naquele parque
e do pouco que sobrou nossa amizade apenas
quando queria só voce

adeus
adeus
adeus
adeus
adeus
adeus
adeus
adeus...

adeus
adeus
adeus
adeus
adeus
adeus
adeus
adeus...

adeus
adeus
adeus
adeus
adeus
adeus
adeus...

...a verdade é que até o cheiro de seu cabelo norteia minha sala
ate´minha sala onde voce nunca esteve lembra voce
impossivel é não enlouquecer dessa maneira
adeus...

Nenhum comentário: