Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008

andorinha

Nem sempre o caminho pela orla marinha
é o que escolho para marear o mar
ou usá-lo de acalanto desde disabores que tento desaguar
aos amores e carinhos que guardo com as andorinhas;
já não lhe vejo mais no céu, estrela rainha.

às vezes banho as bordas da angústia salina
com sopros de poesia vital do antigo solar
que deitávamos; eu encostava na soleira do seu olhar
minha filha deitava sobre o horizonte, era a alvorada em forma feminina
era a centelha que cora a fogueira, rubor candente de menina.

Não gosto de traçar novos caminhos sozinha
foste embora com a noite, com as andorinhas a voar
o sol envelheceu meu rosto, e na areia seus passos vão faltar
na verdade, não mais caminhei pela orla marinha
já não enfeito teus cabelos com o prateado lunar...

Nenhum comentário: