Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

terça-feira, 29 de janeiro de 2008

rubor no rosto

Beijas-me tão ardentemente e para meu desgosto
Estendes teus braços densos e me encarcera
Não posso deixar que suponhas meu rosto
lívido e delirante... mas não consigo... quem dera!

Acaricias meu rosto, meus lábios supondo a primavera
Tira-lhes o rubor do batom e dá-lhes brilho fosco
Beijas-me ardentemente e para meu desgosto
a alegria vibra rasa e fundo o amor impera

Falas odiosa e docemente em meus ouvidos
Esperas que eu ainda responda à altura
enquanto minha pele com os dedos costuras

Se me rendo logo a este clamor indevido
roubo-te a fantasia perpétua do momento.
se resisto, ah desgosto! ardo silenciosa por dentro.

Nenhum comentário: