Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

Distancio, pois lhe quero !

Na passagem, na busca obscura destes lábios
Em fuga inebriante, doce clamor sombrio
perdi-me há tempos das sofismas e elogios
por beijos distintos, cordiais e sábios

Eu, na companhia do sussurro frio.
ela foi e permanece. em meu furor inefável
Toca-me os sentidos; encanto amável
Me deixaste?!... não lhe firo, distancio

Voltai outra vez para que eu lhe veja
Não só o beijo, mas o ardor que me enseja
Pelo que finjo e não escuto, pois lhe quero

Passaste rente, tal pássaros nos ramos
de flores do campo à meus olhos. Hoje amo
e teus livres doces lábios aos meus espero

Nenhum comentário: