Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

domingo, 14 de outubro de 2007

Terça-feira

Não fui trabalhar quarta
Não fui trabalhar na quinta
na terça vi meu amor com outro cara
durante a semana inteira
me senti o pior cara do mundo

Você vai me ver melhor
se estiver por aqui quando eu voltar
você poderá ser minha
se eu ainda for livre para ser seu escravo

Mas não eu não acredito em amor
eu não acredito no meu país
ainda não encontrei meu lugar
e sei que que vou demorar bem mais que uma temporada no exterior
talvez talvez talvez talvez
e ninguem vai me esperar no aeroporto

eu não vou convida-la para minha festa
e não vou convida-la para minha chegada
sei que eu sofrerei sua ausencia
e me parece comum sofrer a ausencia
sei que tenho alguns amigos
sei que tenho algumas canções
e muitas delas me fazem lembrar você

Não fui trabalhar na quarta
não fui trabalhar na quinta
na terça meu amor beijou outro cara
na quarta não fui ao campus
na quinta bebi no campus
passei a quarta inteira no litoral
dia chuvoso
dia frio
bebi algumas cervejas no litoral
na quinta passei o dia com meu tio
na quinta passei a noite no campus evitando meu amor
amigos que bebem comigo
amigos que me consolam enlouquecendo comigo

eu não tenho o remedio para a dor de sua perda
não tenho um espirito que me conduza para outra realidade

Não vejo anjos no céu
eu tenho uma canção que eu fiz para voce
...e eu só tinha uma canção que havia feito para voce
eu fiz uma canção para voce
fiz uma canção
com seu nome...

todos os dias desde agora
todos os minutos desde aquele tempo
nada é igual
e eu passei o dia com meu tio
e no fim da tarde
ele me disse
...fugir as vezes
é a melhor defesa...

bebi a sexta inteira
eu não queria ver voce chegar em meus pensamentos
distraindo a razão
eu só queria
espantar voce

ninguem vai me amar
ninguem vai me amar
como eu quero amar
e todos os dias
eu levanto de minha cama
eu acendo meu cigarro
e ninguem vai me amar...

todos os dias
sim toda a vida
desde agora
eternamente

voce poderia ficar ali
voce poderia não ter sorrido tanto
e agora sua alegria
me traz um sentimento
que briga com a razão

estou tão baixo
voando junto dos outros
voando junto dos seus planos descartados
sou magico
sou pequeno e fragil agora
e eu tive meus dias
paa chagar ate aquela terça feira

eu não queria a terça-feira
eu não queria essa semana
e a vida
aparece oferecer
exatamente o prato que menos se quer provar

Eu não trabalhei na quarta
eu não trabalhei na quinta
fui a litoral na quarta
na quinta visitei meu tio
e eu não queria ter ido lá naquela terça-feira
eu não queria ter saido naquela noite fria
alcool
e versos ruins
maços de cigarro entupindo meu pulmão
e voce não vai na minha festa
e voce não vai na minha festa
e eu só queria ter alguem que me recebesse com um sorriso
depois da minha festa

Nenhum comentário: