Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

domingo, 14 de outubro de 2007

Natalhia no Lugar de uma Carta uma Poesia

Nenhum coração partido
apenas meu pulmão ofegante
eu estou disposto a perdoar o mundo
e eu sei que isso pode soar ridiculo

numa casa estranha
onde meus amigos vão para beber
onde suas namoradas vão para conversar
eu vou para ficar sozinho

eu não vou magoar o mundo com a minha dor
nem entristecer o dia com as minhas lagrimas
e eu sei que a minha casa esta distante
num lugar onde eu ainda não sei chegar

Nenhum coração partido
apenas um braço quebrado
eu estou disposto a perdoar a vida
e eu sei o quanto isso pode parecer uma piada

talvez eu saia um pouco
ou seria melhor resolver meus problemas assim
talvez eu apenas siga em frente
eu deveria procurar outro lugar

Eu estou perdoando a vida
que me deu amor
e me disse que era errado amar
quando não se pode ser amado

Queria um pouco de voz
entendo o silencio como descaso
e a solidão fez em tudo,lar
e familia,um lugar onde eu não posso entrar

Nenhuma oração atendida
apenas mais um cara esperando o seu võo
e se parecer uma piada mesmo assim eu digo
estou perdoando a vida e o amor

...talvez eu caia um pouco procurando a perfeição
quem sabe eu só encontre a mim mesmo
onde eu não procurei
e mesmo assim,eu sei vou procurar

me deram o amor
e a vida disse
que se eu amasse tanto
seria pecado se o amor não fosse praticado

e se eu for em busca de mim
talvez eu não encontre o que espero achar
eu não vou magoar o mundo com a minha dor
nem entristecer o dia com as minhas lagrimas

me deram o amor
e a vida disse
e eu sei que a minha casa esta distante
num lugar onde eu ainda não sei chegar

Não vou olhar para tras e chorar onde falhei
melhor mesmo é ficar sozinho
na certeza que eu não devo me desapontar
eu não vou magoar o mundo com a minha dor

Nenhum comentário: