Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

domingo, 11 de março de 2007

Graça II

Eu nunca mais volto para casa
parece confortavel aqui
posso ve-la atravessar a rua
comprar pão pela manhã
ir ao trabalho
voltar da faculdade

Eu nunca mais volto para aquela cidade
prefiro ouvir ela cantar essa canção
eu adoro olhar o horizonte retalhado por seu lar

ela tem os olhos cobertos pela minha admiração
sua voz ecoa no silencio
ocupa a imensidão

aqui parece tão confortavel
não vou sair tão cedo
seu sorriso é como a avenida atlantica
ou a praia de coapacabana nuam manhão de inverno

Ela tem amigos na igreja
e macacos no seu jardim
e compra joias numa loja chamada botique do amor
Ah...Me diga
onde voce esconde o seu tesouro?

Onde posso encontra-la
e onde estou agora

Eu nunca mais volto para casa
estou gostando do seu sorriso
adoro conversar com voce
e u amo ver seu lar retalhando meu horizonte
metaforas de algo maior
o futuro nos spera com suas presas de cor e força
e seu aroma de luz e novidade

aqui eu posso ve-la sair pela manhã e chegar quando a lua nos banha
Ah...Pequena e fragil
doce e fragil
fragil
Linda
tem a simplicidade de uma semana no campo
de um dia de chuva em casa
cinema,thetro e poesia

Estou confortavel
diante de seus olhos



Nenhum comentário: