Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2007

Una Poetica Mariña

Seus olhos,como explicar me parecem felinos
como explicar tambem me falam do mar
são dois verso infinitos
resumindo a noite e o mar

Seus olhos são uma pequena e simples canção
é querer se afogar
um filme pedindo continuação
seus olhos não são nada ,diante de seu olhar.

Tem em tudo a anunciação
a resposra que quero ter
seu olhar,seus olhos e a amplidão

me banham de angustai ao amanhecer
Embreagam,iluminam me fazem suspirar
é você,são seus olhos que não canso de olhar.

Nenhum comentário: