Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

segunda-feira, 29 de janeiro de 2007

Projeto KALININA

Eu não tenho carro
tambem não tenho dinheiro
Eu não tenho um sorriso alegre
sequer uma verdade absoluta

Sem preço ou despesas
sem compromissos
nenhuma dadiva ou virtude
sem temores

Você precisa me usar um pouco
você precisa me dar um tiro na cabeça
não...
Não...Não...Não...

Pedaços de alface
retalhos de pano
albergue no inverno
cerveja no verão

Não tenho carro
Não vou na igreja
sequer faço a barba
Eu não tenho dinheiro

Garotas...
Você precisa me usar
então me dê um tiro na cabeça

Eu não tenho carro
gosto de andar
trem
metrô
e onibus

pede a economia que eu ande á pé


Não Tenho vida social
Não ligo para comentarios
e pessoas futeis

mas se quiser ver o céu
basta apenas
olhar para cima

Sem dinheiro
e sem carro
barbudo
ah...Garota
você precisa me usar

Eu não tenho nada
sou apnas o que sou
Cópia autenticada do que fui ontem



quarta-feira, 10 de janeiro de 2007

Enfermagem


Pareço triste agora?
talvez eu só esteja confuso
(ela é enfermeira)
Doente quase duas decadas
só nos ultimos dois anos
percebi os sintomas
ah...

Ela é enfermeira!
Talvez eu só esteja delirando
ela vai fazer medicina
Estou palido
não tenho ferro no sangue
durmo o dia inteiro
insonia
insonia
(ela é enfermeira)

Estou em Bilbao agora
linda noite basca
ela parece francesa
mas é potiguá
seus olhos verdes
(ela é enfermeira)
sua boca pequena
(ela é enfermeira)
sua pele branca
(ela é enfermeira)

Estive em Cadiz
suave canção andaluz
meus comprimidos
licores
e
maços
nicotina
(ela é enfermeira)

Tardes em trasmontes
doce manhã em espanha
seu rosto
agora em outdoor's
sua saliva em minha boca
triste lembrança
saudade azul
(ela é enfermeira)



Doente quase duas decadas
só nos ultimos dois anos
percebi
os sintomas...
(ela é enfermeira)

UFSCAR

Você precisa ser amigo
para ter amigos
são carlos pode ser um bom lugar
e mesmo ali alguem pode ser realmente triste
adiar o inevitavel
é abreviar o final

Você precisa de alguem
mas se voce não for a pessoa certa
não precisa encontrar a pessoa
então seja gentil
seja uma menina boa

timidez pode ser algo legal
se não for apenas mais um truque ou joguinho
saber falar com os olhos
perceber a mão confusa
procurando bolsos
dentro do cinema

São carlos é um lugar bem legal
e mesmo ali...

Disfarces
mentiras aceitaveis
detalhes atropelados por alguma razão

Você pensou que mudar de cidade
deslocaria seus trilhos
mas a angustia só mudou de endereço
e agora ncontrou vazio
um lar de saudades

Cidades não mudam
pessoas mudam
pessoas
saem
cidades não mudam
as mesmas ruas frias e antigas
a mesma banca de jornal
o mesmo café pelo centro enquanto se lê algo comum

E eu continuo o mesmo
mudar é mentir
adiando
o que é definitivo
abreviamos um capitulo interessante de nossas vidas

Você pode ser linda
mesmo quando chora
e a timidez
pode ser legal

Mesmo
em
São Carlos
existe
dor

DOR

Agora triste pelo fim amargo
choro pela rua fria
nenhum verso me ocorre apenas a dor.

Deixe-me sozinho
quero dormir um sonho eterno
lagrimas me pousam os olhos na angustia
lembranças me desfazem frente ao tempo
que hoje é certo
verei chegar sozinho.

Andei a rua inteira
andei o bairro inteiro
essa manhã tentei fugir de você...

É sempre engraçado como a dor
parece comica quando
não nos afeta
e ninguem vai sorrir
ah...ninguem vai sorrir.