Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

segunda-feira, 14 de agosto de 2006

Sim estou na sua casa maldita
esperando por seus caprichos e preconceitos
ninguem ira nos guardar do inferno
estou em sua casa
comemoramos nosso aniversario de dor e farsa...

Fazem doze anos desde que nascemos
aqui caimos ali nos condenaram,
triste fim
alegre embalagem de tragedia ecirco.

sexta-feira, 11 de agosto de 2006

anominous heart
haáaáááááááááá!!!!!!
iul pour
et jour

não posso parlar enm franchesi
eu adoraria ir para o mexico essa epoca da minha vida
portanto desejo cada noite uma noite no mexico ao lado de alejandra y las chicas del guadalajara
e desejo cada noite uma vida nova,

desejo la isla nigra del chile

cher at voun pour

Voce parece um pedaço de metal
corto o caminho
desvio da vida
recorto o jornal
eu sou um cara normal
e voce precisa dançar comigo.

Me roube a vergonha na cara
eu preciso
sim eu preciso
estou duas doses adiante do mundo.

Preciso roubar seu coração
para enfim,
vende-lo no mercado negro de orgãos
estou no mundo
estou no mundo absurdo.

Deixe eu sorrir um pouco
e provar que posso ser falso tambem

eu quero dormir eternamente.

Preciso injetar vitamina
eu estou no caribe
eu soun ingles
eu estou na frança
e adoraria morar em oscou...

Voce precisa
e eu estou caindo
caindo
deixando
deixar...
Me oprima pelos cantos
pelos cantos...

Sim estou na avenida le rouset
numero 345,
ninguem vai morrer
e estou caindo
e estou morrendo
puor miri
puor miri
et vonte
chei et iul
lalalalalalalalalalalalalala

eu preciso enforcar meu dia
com uma injeção de animo e prazer


Tharsdj

Quero uma bala na cabeça
quero um sinal letal cortando
minhas arterias e corroendo meu pensamento

estou morto
e voce precisa
me abusar...

eu vejo vagabundas
as pago pelo sussego
incapaz de noites incertas
ha...
ah...
vamos rir de tudo isso eu sei
deixemos o tempo
responder ao acaso
o que se pode acontecer.
Preciso aprender a falar grego
antropologia,
psicologia
e polis,
eu estou precisando comer algo doce
falr coisas asperas e disformes
me deixou calado

Estamos numa noite absorta
e felina,
quero apagar o universo.

Voce
voce
oce
e eu,
iul et tu chei

apaguem
minha vida
por que eu,
estou de partida para
o oeste do continente

quinta-feira, 10 de agosto de 2006

Estamos no seculo 21
depois da ultima noite de sono e loucura
não podemos falar essas coisas aqui
mas estou caindo aos poucos
universo submerso de dor e torpor
seculo azul esse que vivemos...

Quero uma lança no peito
me agrada a ideia de morrer como são sebastião
quero uma lança em meu peito que esse já não me vale

essa noite sonhei que a lua pegava fogo
e suspeito que sonhei pela metade
porque eu sei quem
incendiou a lua
ah...

Estou na porta de abril
entre fotos e o dia que eu descobri voce
triste fim
largo fardo
inexpressão
sujeira e noticias breves
estou mudo
estou louco
eu quero voltar para casa
eu quero um caminho suave para minha infancia

Eu quero uma viagem surda pelos seus sentimentos
para que voce ouça cada um de meus desejos
cada um de meus pesares
estou apagado,
sim eu matei as chances
eu distorci a verdade
e enterrei num lugar desconhecido.

Quero beber algo que me faça ser esquecido
se me ama me odeia
quero desfazer o brilho nos meus olhos,
secar o sangue me minhas veias
e apagar meu endereço
que te faz link em meus
dias.

Carta

Tenho medo dos caras do bloco D
quero quebrar o muro da minha vida
desfazer os comentarios idiotas
e panfletar os motivos economicos
e sociais da ternura futil dos sorrisos

eu preciso cuspir no centro
rasgar as materias de agosto e setembro
sou inexistente
...

Nada me da mais prazer que a confusão
preciso dormir
preciso cair na realidade.Sim moro no bloco D
e eu tenho medo dos caras que andam comigo...

voce precisa saber o que fizemos noite passada
noite passada
noite passada
sou um cara normal querendo
voltar para casa depois de um dia
extressante de trabalho e pensamentos

Sou um cara apagado pelos muros do meu bairro
e sempre volto sozinho para casa.

quarta-feira, 9 de agosto de 2006

eu te odeio

Eu odeio voce
sim eu odeio voce,
pois e tudo igual depois de voce,
perdi o rumo desfiz o meu caminho
me calei.

Quando olho para uma multidao logo vejo voce
mas é so minha mente pregando uma peça

todo perfume tem seu cheiro se for suave e doce

Sim eu odeio voce,como eu poderia nao odiar
passo noites sem dormir pensando em voce
e nas noites que durmo sonho com voce,

Voce precisa me fazer um favor
seja gentil quando me partir o coraçao
voce precisa
me fazer um
favor
seja pior do que parece

eu preciso te odiar
eu preciso te odiar
pois com tudo isso
é impossivel encherga-la como apenas uma amiga

eu preciso mesmo e de uma revoluçao para lutar
de um motivo heroico para morrer
nao estava nos meus planos te conhecer
eu jamais esperaria o amor

portanto eu preciso te odiar
para que em mim reste apenas
a dor dos passos que nao dei
para que em mim repouse apenas meu fardo
quando findar minha quota.

Sim voce sabe que estou para baixo,
tenho colhido rosas em suas veias e feito festas
nos meus braços,eu acho que deveriamos desaparecer
no fim do ano vou para a bolivia,
acho que voce sabe porque estou aqui
acho que voce sabe o que me trouxe aqui.

Voce sabe e eu sei,
voce sabe e eu sei
e eu sei,

quero dobrar a esquina
da existencia e pixar o muro da sua vida
vem comigo minha criança
me faça menor de idade
me faça imigrannte ilegal
eu quero ser preso por trafico de drogas,
sim eu sei,tenho certeza que voce sabe
Ah!!!

Entao me enforque com mentiras
me esfole com insultos
eu quero o inferno
e quero agora,
sim voce me chama de obsceno
e eu so posso te responder uma coisa
engole essa.

Meus amigos estao se jogando da janela
parecemos gatos
brincando de contar as vidas
e a policia logo vai chegar,
piscinas de morfina e peyott,
dourado paraiso de farsas,
voce sabe como ninguem que eu sei...
Somos os caras do cefet,
moramos no bloco A14
e nem o tempo tem coragem de passar por lá´
eu nao tenho amigos ricos
e eu só tenho voce
e eu só tenho alguns centavos
mas sempre bebo algo no bloco C32

passo as semanas atormentando o semanario
a assembleia de ensino
a assembleia de ensino
eu não li o regimento interno
acho que matarei a proxima aula
tem coisa nova
atras do morro branco.

Preciso mudar
nao sei como falar isso
mas preciso mudar
para te irritar,
brincamos de filme mudo
trocando cenas onde voce some e eu fico
onde eu me afasto
e voce resiste,
eu quero te evitar
voce precisava me conhecer
eu ja sorri algumas vezes...

segunda-feira, 7 de agosto de 2006

Carta de dom pancho

Ensinou-me o Velho Antônio que somos tão grandes quanto o inimigo que escolhemos para lutar, e tão pequenos quanto grande for o medo que tivermos. "Escolha um inimigo grande e isso te obrigará a crescer para poder enfrentá-lo. Diminua seu medo porque, se ele crescer, você vai diminuir", me disse o Velho Antônio numa tarde chuvosa de maio, nessa hora em que reinam o fumo e a palavra.
Nós, os zapatistas, queremos tudo para todos, para nós nada. Todos os que com arma ou sem arma, com rosto ou sem rosto, indígena ou não indígena tomam para si o nosso sonho de um país melhor, são zapatistas.

homenagem a MTV

Cara eu estou assitindo tv
e nao posso olhar para o mundo
e voce deveria fazer sua parte
mas é que eu tambem nao faço a minha

e estamos sempre nos lamentando
quaquer motivo é razão e voce
quase sempre nunca sabe o que esta acontecendo.

Cara eu sei o que e ter 18 anos
eu sei o que e ter medo da policia
é´eu sei e muita gente sabe tambem
mas hei cara que legal a tv no domingo né?
Nossa deus abençoe a MTv,
eu quero que o mundo saia do ar !

Amistoso da seleção,
feriado nacional,
fome e desemprego,
novo clip gospel,
e deus é um artigo barato na boca dos hipocritas.

Sim eu quero encenar um filme mudo,
quadro a quadro
com cenas tragicas e comerciais,

Somos tão legais

e quem vai ligar para o que dizemos

se usarmos essas roupas

Voce precisa me chutar a cara
sim eu estou na porta do seu trabalho
pedindo alguns centavos para almoçar
voce me respeitaria se eu fosse cristão
talvez ate me amasse se eu tivesse um nome ocidental

sim eu preciso comprar uma arma
e cris esta novamente com suas amigas,
preciso dar um tiro na vida social
dela
Preciso comprar pão
preciso anotar seu telefone
e se me deixarem falar
preciso comer uns pedacinhos de queijo.

Olha sou representante de uma empresa chinesa
chamada felicidade,
vendemos artigos baratos que logo quebram
o que deseja levar hoje???

Vamos la estou na porta do cinema
voce passa,
compra os bilhetes as 18:43
para a sessao das 19:00
entra dois minutos atrasada
sempre senta nas poltronas ao centro
apagam-se as luzes
no mesmo instante que voce chega na sala,
qual o filme mesmo voce
se pergunta,
ah...aquele que a revista recomendou.

Voce deveria escorregar pelas minhas veias ate chegar no cerebro
vamos la eu adoraria ficar em coma
e se voce me desse um tiro na cara
saiba que eu lhe seria grato por toda minha vida,
estou na missa
não tenho RG,
voce deveria me queimar
me queimar
me roubar!

Quero um cigarro
quero uma bala
vamos la
me enterre no seu quintal
voce deveria me dar um chute na cara!

Sim eu perdoei a jesus cristo e seus amigos...

Bel-hahn

Sim perdoei jesus cristo e cada um de seus doze apostolos
e apesar de nao ser budista admiro a paz
Oh...minha querida voce precisa conhcer para excluir
voce precisa amar para punir
não existe repressão
se voce não existir...

Eu quero um pouco de alcool,
voce pode me descartar mas não pode me esquecer,
estou entre suas paginas e parece dificil me apagar
sou sujo e maldito
mas tenho dignidade.

meus pés estão podres
sua alma esta arruinada
voce gostaria mesmo de me conhecer melhor???

Ah...voce esta presa
eternamente presa a liberdade
que desolante
mas tenho que dizer:
voce esta morta querida
sua namorada ja arrumou outra,

que vergonha morrer assim
mas eu
eu nao morrerei
sou sujo demais para morrer

a censura humana
jamais ousara
calar minha boca obscena!

gato-burgues
de botas e alcool
eu sou rato
rato
eu sou maldito.
Cancelem minha salvação
não estou disposto a ser perdoado

Sim perdoei krhisna e toda a casta de sectos,
beijei a mão da prostituta velha,
preciso romper
preciso
cuspir
preciso fumar um cigarro.

domingo, 6 de agosto de 2006

a ella

soñe que el fuego helaba
y el helo ferbia
y por sueñar cosas impossibles
soñe qui uste mi quierias...

los pajaros gris y la ciudad azul
soñe que el fuego helaba
y el helo ferbia
soñe qui ust mi quierias

cantada(ferreira gullar)


Você é mais bonita que uma bola prateada de papel de cigarroVocê é mais bonita que uma poça dágua límpida num lugar escondidoVocê é mais bonita que uma zebra que um filhote de onça que um Boeing 707 em pleno ar Você é mais bonita que um jardim floridoem frente ao mar em IpanemaVocê é mais bonita que uma refinaria da Petrobrás de noite mais bonita que Ursula Andressque o Palácio da Alvorada mais bonita que a alvoradaque o mar azul-safira da República Dominicana
Olha,você é tão bonita quanto o Rio de Janeiro em maio e quase tão bonita quanto a Revolução Cubana
Puedo escribir los versos más tristes esta noche. . Escribir, por ejemplo: "La noche está estrellada, y tiritan, azules, los astros, a lo lejos". . El viento de la noche gira en el cielo y canta. . Puedo escribir los versos más tristes esta noche. Yo la quise, y a veces ella también me quiso. . En las noches como ésta la tuve entre mis brazos. ¡La besé tantas veces bajo el cielo infinito! . Ella me quiso, a veces yo también la quería. ¡Como no haber amado sus grandes ojos fijos! . Puedo escribir los versos más tristes esta noche. Pensar que no la tengo. Sentir que la he perdido, . Oír la noche inmensa, más inmensa sin ella. Y el verso cae al alma como al pasto el rocío. . Qué importa que mi amor no pudiera guardarla. La noche está estrellada y ella no está conmigo. . Eso es todo. A lo lejos alguien canta. A lo lejos. Mi alma no se contenta con haberla perdido. . Como para acercarla mi mirada la busca. Mi corazón la busca, y ella no está conmigo. . La misma noche que hace blanquear los mismos árboles. Nosotros, los de entonces, ya no somos los mismos. . Ya no la quiero, es cierto, pero cuánto la quise! Mi voz buscaba el viento para tocar su oído. . De otro. Será de otro. Como antes de mis besos. Su voz, su cuerpo claro. Sus ojos infinitos. . Ya no la quiero, es cierto, pero tal vez la quiero. Es tan corto el amor, y es tan largo el olvido. . Porque en noches como ésta, la tuve entre mis brazos, mi alma no se contenta con haberla perdido. . Aunque éste sea el último dolor que ella me causa, y éstos sean los últimos versos que yo le escribo. .

esse verso de neruda eu dedico a ana lucia barbosa

sábado, 5 de agosto de 2006

Será que meu corpo é tão libertoque não sonha ser seu e apenas sorrir?...Será que seu corpo é apenas delee nunca suspira supondo uma noite em mim?...
Ah...para onde vai o amor,quando a vida chama,quem sabe onde a vida chega,quando termina?Como se chama alguem desconhecido?Quem sabe onde vc me pertence?
e me dirão do amor e de pertencer.Mas a vida diz de tudo como se confidenciasseNum tom leve e triste,quieto e despossuido.
Será que não sou teu e ainda és minhae quando atravesso a rua,você ainda me espera em alguma esquina?...
Pareço mais triste quando ando na chuva o dia se estende sem razão enquanto escuto meus delirios...Sou aquele dentro do seu peito
e estou cansado de ser esquecidocomo se minha voz fosse um soco no vazioou mesmo um cristal estilhaçado,ainda sou aquele que se apresenta oco e mudo...
Dentro da tarde,sempre existe um passaro melancolicoe suas asas falamde temor,me dizem de solidão e guerra em minha alma,
cada dia se fecha em meus olhos como trigo e luz...Em meus sonhos cada instanterevela uma saudade,uma ausencia do que é vermelho!
de

sexta-feira, 4 de agosto de 2006

Pela areia(uma cronica apenas).

Sonhei que acordava numa praia e estirado na areia eu recobrava de uma existencia esquecida e triste.Sonhei que andava pela tarde sem o peso da saudade e sem me importar com o depois,sem pessoas ,objetos ou lembranças eu era livre para ser apenas eu sem me prender a gestos ou feições.Sonhei que olhava ao redor e em tudo que eu via nada me trazia outra sensação senão a de descoberta,meus pés eu os sentia leves pela areia e sem rumo que os aprisionasse a algum caminho estabelecido,sentia tudo como se fosse novo,experimentava tocar meu corpo sentir minhas mãos alisando meus cabelos,meus olhos se perdiam no horizonte como se houvesse algo novo em olhar e as ondas iam e vinham sem um momento de descanso ou repetição,tudo era meu pois eu descobria como meu.Sonhei com a noite dentro do silêncio e coberta pela imensidão do céu,estrelas luziam como se anunciando meu delirio e aquilo tinha um brilho magico e irreal,a areia entrava pelos meus dedos me fazia quase fechar os olhos,os sons do mar o vento da praia o pensamento distante formulando e se deixando crer,sem o criterio da duvida ou da razão.Sonhei que era tudo e em mim se estabelecia o fim,a vida não era senão uma temporada na praia e o mundo um oceano que nos empurra para onde desconhecemos,percebia que não importa o quanto naufragamos nunca sabemos em que porto vamos aportar,em mim eu via a extensão do que imaginava meu e sem saber desejava algo simples e sem importancia real,mas sonhei ...E tudo tinha um ritmo ou perfume que me soavam novo,tinham em si aquela novidade propria das descobertas .Nada me fazia assim sem custo ou razão,eu tinha um mundo eu era o unico e aquilo era o inicio.

primeira vez que a vi

Do outro lado me estende a mão,
na praça estranha,
um antigo silencio me cala
e nada é normal,

ela se faz omissa
e me deita com beijos,
de sua boca,
minha bca invade com saliva
e vida,pareço agora
com sua lingua,
dizendo palavras
por vo^ce e ela,
ela e seu vestido,corpo pequeno
luzindo no vazio
e a praça não existe,
eu e ela
voce no ceu,
estrelas distantes,
é noite
e me cobre com ações tão intimas.

E repentino
desperto,
sem lugar ou
cheiro,
apenas o vazio.

ultimo tango

Dançaremos o ultimo tango,ninguem furtará o doce momentode nosso ultimo beijo talvez venha a chuva mas é da chuva chover,deixa que o céu chore talvez desague o mar,mude de rumo e me encontre ,mas é do mar esquecer...Nada será mais triste que isso minha alma se partirá e dentro dela estará vc e com vc ela estará.Nosso ultimo momento,e o mundo se fechará a esperança vai até rezar para ver se eu volto a lua será menor e cairá queita a ultima hora ao seu lado,fomos dois e juntos confundimos o tempo nos tornamos asperos e solitarios,nada cairá de mim sem ser lagrima ou saudade...ninguem furtará nosso momento será apenas nosso momento dentro do tempo seremos os unicos Dançaremos o nosso ultimo tango.

universo apagado

universo apagado

cosmonauta


Passo as noites no céu,
com estrelas vazias,dentro das horas
e vago sem razao
pelos pensamentos,janelas de quartos dstants.
Me canso no eco triste
do tempo passado,
infancia grata,saudad..
Saudad.
Me estendo sozinho em minha cabeça,
apaminuto,
crio uma nova hora
e sei que jamais chegarei,
as estrelas,o azul e tudo,
quantos quartos
e qual e o seu,
meu olhar se distrai com o ceu,
corpo quieto e cansado,
coração indiferente